24 de Fevereiro de 2010

Causas da desflorestação

Nos países em desenvolvimento, a principal causa da desflorestação, é a sobreexploração das matérias primas provenientes da floresta, principalmente a madeira.
Nos Estados Unidos da América, a desflorestação, é causada maioritariamente pelo desenvolvimento comercial e industrial.
Na América Latina, como as leis governamentais fracassaram nos anos 80, esta foi a principal causa. Só na bacia da Amazónia foram destruídos cerca de 4 milhões de hectarespara uso agrícola.
Na Ásia, a alta densidade populacional e a pobreza rural foram as principais causas da desflorestação.
Na África, o assustador crescimento populacional, está a contribuir para a destruição do ambiente em todo o continente e para o abate intenso de árvores, de forma a criar terrenos para a agricultura.

Consequências da desflorestação

As principais consequências da desflorestação são:
-Enfraquecimentoda relação entre seres vivos animais e vegetais;
-Aquecimento global do planeta;
-Diminuição da biodiversidade;
-Perda excessiva de plantas e animais;
-Emissão de dióxido de carbono para a atmosfera;
-Modificação da crosta terrestre.
Com a destruição tão rápida de massas florestais é quase impossível recriar estes espaços com as mesmas espécies, causando assim espaços áridos e áreas de erva e vegetação de pequeno porte.
Apesar das florestas cobrirem apenas 7% da superfície terrestre elas contêm grande parte das espécies animais e vegetais, muitas ainda não identificadas.
É necessário proteger os espaços verdes!

A desflorestação no Brasil

Há três factores importantes responsáveis pela desflorestação no Brasil:
-As madeireiras
-A pecuária
-O cultivo da soja

Como grande parte opera ilegalmente, principalmente na floresta da Amazónia, os estragos na floresta são cada vez maiores e devastadores.
Os estados mais atingidos pela desflorestação no Brasil são Pará e Mato Grosso. Mato Grosso é uma espécie de "campeão" em áres desbastada, apesar de nos últimos anos ter havido uma redução.
A média de madeira movimentada na Amazónia é, aproximadamente, 40 milhões de metros quadrados, incluindo madeira serrada, carvão e lenha. Deste total, apenas 9 milhões de metros quadrados vieram de manejo florestal previamente autorizado.

Impactos Ambientais

São diversos os impactos ambientais causados pela desflorestação. Um dos mais preocupantes é a emissão de gases de efeito de estufa para a atmosfera. A principal causa destes impactos ambientais é o uso dos combustíveis fósseis nos países mais desenvolvidos.
Pensa-se que a desflorestação já é responsável entre 10% a 35% das emissões globais anuais, existindo estimativas ainda mais altas.
As principais causas de perda de biodiversidade no planeta são a desflorestação tropical e a degradação de florestas, o que está a contribuir para a extinção de espécies em massa.
Prevê-se que as mudanças climáticas, consequência da desflorestação, podem afectar os ecossistemas e espécies de várias maneiras, sendo já consideradas ameaças à biodiversidade.
Devido às mudanças climáticas, estão em risco serviços ambientais fundamentais em ecossistemas tropicais, tal como a manutenção do ciclo das águas e o balanço de carbono na atmosfera.
A interacção entre a desflorestação e as mudanças climáticas pode levar as florestas tropicais e entrarem num ciclo vicioso bastante perigoso.
A desflorestação é das principais fontes de emissões de gases de efeito de estufa para a atmosfera e as mudanças climáticas aumentam a fragilidade das florestas tropicais aos incêndios e à desflorestação e aceleram a conversão das florestas em ecossistemas secos e pobres em diversidade.
Milhões de pessoas que vivem e dependem das florestas são também bastante ameaçadas.

3 de Fevereiro de 2010

Medidas de prevenção da Desflorestação

Temos aqui algumas formas de prevenir a desflorestação:

-Reutilizar e reciclar papael;
-Criar reservas naturais;
-Não fazer piqueniques nem criar fogueiras;
-Não lançar foguetes;
-Reciclar;
-Criação de espaços verdes;
-Proibição do abate de árvores;
-Plantar árvores, por exemplo no Dia Mundial da Árvore;
-Proibição do abate de árvores para combustível;
-Criação de sites e formas de alertar as pessoas para este problema;